David Neeleman, presidente do conselho da Azul Linhas Aéreas



O mercado de aviação passará por grande expansão como aumento do turismo, aquecimento da economia, Copa 2014 e Olimpíada. Será necessário investir em infraestrutura. David Neeleman, presidente do conselho da Azul Linhas Aéreas, desafiou o mercado e consolidou o conceito de empresa Iow cost. Confira na entrevista:

Líderes – Como estão os números da Azul?
David Neeleman – Hoje temos 14 aeronaves, 19 rotas e 17 destinos, 2,2 milhões de passageiros.
Criamos um nicho de mercado para quem não viajava de avião. Em 2009, o número de passageiros em Viracopos cresceu 360%, comparado a 2008. Fizemos um aporte inicial US$ 230 milhões e hoje conquistamos 5% do mercado.

Líderes – Qual é a taxa de ocupação?
DN – Nossa ocupação média é acima de 80%.

Líderes – Qual sua opinião sobre a Anac adiar a distribuição dos slots de congonhas?
DN – hoje duas empresas detêm 84% dos slots. Não me parece correto ter uma regra em que, se existem mais disponíveis, tem que ser 80% distribuídos para quem já está voando. Isso significa dividir 20% entre cinco ou seis empresas interessadas, ou seja, um voo em um dia de semana. Não é viável, não faz sentido.

Líderes – quais os planos para 2010?
DN – Chegaremos ao final do ano com quase 40 destinos, sendo que na maioria deles seremos a única a fazer voo direto e freqüente. Trabalhamos em espaço que não era explorado. Lançaremos programa próprio, com juro zero, bastando apenas ter uma conta em banco.

Fonte: REVISTA ISTO É DINHEIRO, via NOTIMP



Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s