Índia desloca seus caças SU-30 MKI para a fronteira com a China

Click here for more news / Clique aqui para mais notícias

su-30mki

A Força Aérea da Índia deslocou quatro aviões de combate Su-30 MKI para Tezpur, que em breve será a base para um esquadrão completo deste caça de primera linha, da Força Aérea da Índia (IAF).

A cerimônia que oficializou a transferência foi organizada no hangar da base aérea de Tezpur, em Assam, com a presença do comandante, Marechal do Ar S. K. Bhan, informaram fontes da IAF, em Nova Delhi. O acontecimento foi somente uma formalidade, pois os quatro SU-30MKI já estavam na base desde o dia 13 de junho.

Os quatro aviões de superioridade aérea estavam programados para realizar saídas de treinamento desde a base aérea de Tezpur nos dias anteriores, porém, devido ao mau tempo, esses exercícios não se realizaram. Tezpur, localizada a somente 370km da fronteira com a China, será a base para um esquadrão completo, porém a IAF ainda não decidiu qual dos seus quatro esquadrões de Su-30MKI estará à disposição do Comando Aéreo Oriental.

Além disso, Chabua, outra base aérea em Assam, também está se preparando para receber um esquadrao de Sukhois no futuro. O deslocamento destes aviões de combate mais potentes no noroeste procura consolidar os ativos mais próximos à fronteira China-India. O esquadrao completo contará com 18 avioes nos próximos dois meses.

Fontes da defesa também disseram que, no contexto estratégico local, as tropas em terra da China são superiores neste setor, mas a introdução dos Sukhoi inclinaria drasticamente a balança da superioridade aérea para o lado da Índia.

Esta será a primeira introdução destes aviões de combate multifunção perto da disputada fronteira da China-India, no setor noreste do comando aéreo oriental, com base em Shillong.

O comando do 4º Corpo do Exército hindu também está em Tezpur . A base aérea foi construida pela Real Força Aérea da Índia durante a Segunda Guerra Mundial, em 1942. Posteriormente, em 1959 passou a ser uma base da IAF devido a sua posição estratégica entre Butão, Tibet, China, Myanmar e Bangladesh. Anteriormente, era a base de um esquadrão de MiG-21 e foi reformada para receber os Su-30 MKI. Os MiG-21 foram enviados para a base aérea de Chabua no distrito de Dibrugarh, em 2007.

FONTE: http://www.espejoaeronautico.com


Advertisements