ANAC suspende autorização para descontos nas tarifas de vôos internacionais a partir de 1º de janeiro

Por força de ordem judicial, a ANAC está suspendendo a autorização para descontos nas tarifas nos vôos internacionais a partir de 1º de janeiro.

Veja o comunicado que a Superintendência de Serviços Aéreos da ANAC encaminhou em 31 de dezembro para as companhias aéreas que realizam vôos regulares internacionais a partir do Brasil.

“Em virtude da Decisão do Excelentíssimo Senhor Jirair Aram Megueriam, Desembargador Federal e Presidente do Tribunal Regional Federal da Primeira Região, informo que estão suspensos os efeitos da Resolução nº 61/2008 desta Agência. Portanto, as empresas ficam impedidas de praticar os descontos previstos, na referida Resolução, para o dia 01 de janeiro de 2009.”

ANAC

Timco error at root of United Air Lines runway excursion

By John Croft

Misrouted and reversed antiskid wiring by US-based Timco Aviation Services technicians led to the runway excursion of a United Air Lines A320 after landing at the Chicago O’Hare International Airport the night of 9 October 2007, according to a final report issued by the US National Transportation Safety Board (NTSB).

Timco performs heavy maintenance on United’s A320s at its Lake City, Florida facility.

The incident, which damaged engine nacelles on the aircraft but did not injure any of the 125 passengers and crew onboard, appears closely related to a 25 February event in which another United A320 departed the right side of the runway after landing at the Jackson Hole Airport in Wyoming.

In both cases, wheel speed tachometers for the inboard and outboard wheels on the left main landing gear brake system had been cross-connected, causing both aircraft to exit the right side of the runway on landing.

“Such a configuration would be likely to cause the antiskid system to use the inboard wheel speed to control the outboard braking, and vice versa,” the NTSB writes in its preliminary report of the Jackson Hole incident, which remains under investigation. “In such a situation, it would be likely that when the inboard tire began to skid, the antiskid system would release the pressure on the outboard brake instead of the inboard brake.”

The NTSB’s final report on the Chicago incident lists as a contributing factor that the Timco technicians did “not understand the entire maintenance procedures in the dual tachometer replacement”. Maintenance on the landing gear system was prompted by a May 2007 FAA airworthiness directive (AD) on A320 shock absorbers.

Timco, in its own investigation, found that the tachometers had been mislabeled when removed and that technicians thought a certain post-maintenance test would have revealed the cross-wiring when in fact the test was not designed to do so.

The report also blames United’s “unclear” maintenance practices as a contributing factor. Upon clarifying the maintenance documents following the incident, the carrier sent a letter to the FAA in December 2007 saying that it had performed functional checks on the tachometers of 45 Airbus A320s and had found only two instances of cross-wiring – the incident aircraft and one other.

Air Transport Intelligence

Iberia cancela mais 15 voos e atrasos em Madrid atingem mais de 50%

Presstur 31-12-2008 (05h13)

A alegada greve de zelo dos pilotos da Iberia provocou ontem 15 cancelamentos e atrasos em mais de metade das ligações com origem ou destino em Madrid, segundo a imprensa espanhola.

As notícias indicam que os voos cancelados eram domésticos, à excepção de duas ligações com Genebra.

Desde o início de Dezembro a Iberia já cancelou mais de 400 voos e teve atrasos em cerca de cinco mil.

Ontem o jornal “El País” estimava em mais de 700 mil o número de passageiros afectados.

A companhia espanhola diz que a situação é provocada por uma greve de zelo dos pilotos e que a acção está relacionada com o impasse nas negociações da contratação colectiva.

O sindicato dos pilotos (SEPLA) contrapõe que os pilotos apenas estão a cumprir as regras quanto a tempos de voo e de repouso e que o problema é provocado por a companhia ter um quadro de efectivos inferior ao que deveria ter para a dimensão da operação.

PressTur

Preços dos snacks nas low-costs "andam pelas nuvens”

Presstur 31-12-2008 (09h19)

Um estudo elaborado pela revista Which? Holiday que comparou cinco companhias low-cost indica que a comida e a bebida a bordo destas transportadoras podem custar até metade do valor da viagem, sendo a Ryanair a mais cara.

A revista comparou os preços a bordo da Ryanair, easyJet, Flybe, Monarch e bmibaby e concluiu que a Ryanair é a mais cara ao cobrar 16,05 libras por cinco produtos, designadamente sanduíche (4,20 libras), água com gás (2,5 libras), uma garrafa pequeno de vinho tinto (cinco libras), um café (2,5 libras) e um pacote pequeno de Pringles (1,85 libras), sendo o total metade da tarifa paga pela revista numa viagem entre Stansted e Girona, reservada no mês passado.

Flybe, easyJet foram as segunda e terceiras mais caras, cobrando 11,95 libras e 11,50 libras respectivamente pelos cinco itens, seguida da Monarch que cobrou 10,60 libras e da bmibaby que cobrou 10,5 libras pelos mesmos cinco produtos da Ryanair.

PressTur

Presidente da Infraero vistoria Galeão

31/12/2008

O presidente da Infraero, Tenente Brigadeiro do Ar Cleonilson Nicácio Silva, visitou nesta terça-feira (30/12), as obras do Aeroporto do Internacional do Rio de Janeiro/Galeão que, apesar do período de alta estação, não foram interrompidas. O novo presidente também conferiu de perto o movimento de passageiros.

Segundo Nicácio, a fiscalização durante a alta temporada está sendo feita de forma intensiva, priorizando a limpeza e manutenção de escadas rolantes, esteiras de bagagens, monitoramento dos balcões de check in e abertura de todos os canais de inspeção a fim de minimizar os possíveis impactos operacionais. “Todos os empregados da rede Infraero estão comprometidos com a operação Feliz 2009. Estamos empenhados para que os passageiros passem satisfeitos pelo Galeão”, afirmou.

As melhorias no Galeão já podem ser observadas pelos usuários: além dos novos sanitários, aproximadamente 40% do polimento do piso de granito já foram executados e a finalização da substituição do piso emborrachado por granito está prevista para fevereiro de 2009.

Quem passa pelo Terminal de Passageiros 1 já percebe as mudanças e não se importa de transitar pelo salão em obras. “Temos que ser um pouco compreensivos com esta situação, pois sabemos que tudo isso é para nosso próprio benefício”, afirmou o passageiro Eduardo Santos, dando destaque para o novo forro do teto rebaixado do setor de embarque doméstico.

Revitalização

O superintendente do Galeão, Wilson Massa, disse que é gratificante para a Infraero saber que os passageiros compreendem o possível desconforto causado pelas obras em andamento. “Mesmo neste período de grande fluxo no aeroporto, nós continuamos com os esforços para revitalizar o Galeão e dotá-lo com modernas instalações e um serviço de excelência, declarou.

Crescimento de movimento

O Galeão já registrou, em 2008, um aumento superior a 200 mil passageiros em relação a 2007 (embarcados e desembarcados – nacional e internacional), reflexo do aumento de 9% na movimentação de aeronaves (pousos e decolagens), nos dois pátios, em relação ao ano anterior.

O aeroporto está ligado a mais de 31 localidades nacionais e 19 destinos internacionais. Possui dois sistemas de pistas com operações simultâneas de pousos e decolagens (uma delas com 4000 m x 45 m), a maior pista da América do Sul. São 167 balcões de check in, 35 esteiras de bagagens, 23 pontes de embarque e 23 posições remotas. Ao todo, 20 empresas aéreas prestam serviços nos dois Terminais, atendendo um movimento diário de 30 mil passageiros.

Gerência de Imprensa/Infraero
imprensa@infraero.gov.br

Aeroporto de Salvador registra maior queda de atrasos de vôos

31/12/2008

Apesar da grande movimentação de passageiros, típica do período de férias e das festas de fim de ano, o Aeroporto Internacional de Salvador/Luis Eduardo Magalhães (BA) opera normalmente nos primeiros dez dias da Operação Feliz 2009. O aeroporto registrou a maior redução de atrasos de vôos em relação ao mesmo período de 2007. A queda foi de 15%. Ano passado, de 20 a 30 de dezembro, 40% dos vôos atrasaram, contra 25% este ano.

Segundo o superintendente do aeroporto, José Cassiano Ferreira Filho, quem chega aos saguões de embarque e desembarque pode contar com a tranqüilidade, o conforto e a segurança, garantidos pela presença de profissionais das diversas áreas da Infraero. “Da chegada aos saguões, passando pelos balcões de chek-in até as pontes de embarque, ou deixando o aeroporto depois de voar com destino à Salvador, o passageiro é assistido por nossos funcionários, que, proativamente, se antecipam no atendimento, evitando insatisfações ou problemas durante a sua permanência no aeroporto”, garante Cassiano.

A expectativa é que o aumento na movimentação de passageiros nesse período chegue a 10% e a média do movimento diário ultrapasse a casa de 20 mil pessoas. Diversos pedidos de vôos charters (fretados) foram atendidos, tanto domésticos como internacionais. De dezembro a março, a programação é de quase 80 vôos charters domésticos e 20 internacionais, com destino à Europa (Lisboa, Madri, Milão), América do Norte (Miami), América do Sul (Buenos Aires) e até para a Ilha do Sal, Cabo Verde, África, realizado pela companhia Austriam.

O Aeroporto de Salvador se mantém no ranking nacional como o quinto em movimentação de passageiros e aeronaves. Diariamente, mais de 17 mil usuários e uma média de 140 vôos regulares, domésticos e internacionais, fazem de Salvador uma das capitais mais movimentadas do País.

Assessoria de Imprensa/Infraero
imprensa@infraero.gov.br

Novos vôos internacionais para o Recife

31/12/2008

O Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre (PE), administrado pela Infraero, recebeu solicitações para operar três novos vôos charters internacionais durante a temporada 2009. As novas freqüências ligarão o Recife às cidades argentinas de Córdoba e Buenos Aires até o final de março de 2009. Além dos vôos argentinos, o Internacional Guararapes também passou a receber mais uma ligação com Milão, através da operadora Neos, que fará a rota Milão/Recife/Salvador. Com as novas aquisições, a cidade do Recife passa a contar com cinco empresas que vão operar 26 vôos charters internacionais até o final do verão.

A capital pernambucana fecha o ano de 2008 com operações regulares internacionais operadas pela TAP (para Lisboa – diário); Livingston (para Milão, todas às quintas-feiras); Condor (para Frankfurt – semanal às segundas); TAM (para Paris – partindo às sextas e retornando às segundas) e para para Buenos Aires (diário); American Airlines (para Miami – diário) Delta AirLines (Atlanta – segundas, quartas, sextas e sábados.

Aeroporto modelo

O Guararapes deverá ser inscrito pela Infraero para servir como benchmark no Conselho Internacional de Aeroportos (ACI), entidade americana que co-relaciona e compara aeroportos internacionais pela qualidade dos serviços que prestam aos passageiros. A comparação já ocorre com os aeroportos do Galeão, Guarulhos e Brasília. A decisão foi tomada pelo recém-empossado presidente da Infraero, Tenente Brigadeiro do Ar Cleonilson Nicácio, após visitar pela segunda vez o Guararapes. O presidente conferiu a infra-estrutura disponibilizada aos usuários e atestou que o aeroporto está atendendo com conforto e segurança à maior demanda da alta estação.

Para dezembro é esperado no Guararapes um acréscimo de aproximadamente 40 mil passageiros em relação ao ano passado, quando passaram pelo aeroporto 408 mil viajantes. De janeiro a novembro a movimentação total cresceu em 12,28 %. Entre embarcados e desembarcados, domésticos e internacionais somam 4,243 milhões este ano, já superando, até novembro, toda a movimentação do ano passado, quando o Guararapes alcançou a marca de 4,188 milhões de passageiros. Com a movimentação de dezembro deverá fechar o ano em torno de 4 milhões e 700 mil passageiros.

Assessoria de Imprensa/Infraero
imprensa@infraero.gov.br